domingo, 9 de setembro de 2018

Um Ano!

Nem sempre fico nervosa. Existe aquele receio, aquele formigueiro, aquela ansiedade,… mas depois respiro e passa. Nada que não consiga controlar, porém, neste mesmo dia mas há um ano atrás, as sensações misturavam-se, multiplicavam-se e o meu coração batia a mil!

Quando mandei o rascunho, do meu livro, ele ainda nem nome tinha e a minha Assessora de Comunicação perguntou-me, “Que título queres dar à tua obra?”. Boa pergunta… e demorei um pouco a perceber o que o meu “Filho Literário” era para mim porque o que estavam naquelas páginas, não passavam de pequenos pedaços meus e que tinha encontrado coragem para partilha-los convosco. Suspirei… e foi aí que completei o meu “puzzle”, “Pequenos Sopros”. Sempre encontrei a minha felicidade naquilo que fazia ou concretiza ou conquistava mas isto era diferente. Era o que ansiava, o que receava, o que gritava dentro de mim, o que me irritava profundamente, o que me obrigava a registar algo numa folha a meio da noite, o que guardava só para mim ou partilhava com muito medo, aos que me incentivavam a continuar, etc.

sexta-feira, 7 de setembro de 2018

Festa da Juventude de São Torcato

Faltam 2 dias para o meu livro “Pequenos Sopros”, fazer um ano desde a apresentação oficial e como fazer os preparativos? Onde tudo começou!
Exatamente, amanhã (sábado) dia 8 de Setembro, estarei novamente na Festa da Juventude de São Torcato, durante a tarde, para uma sessão de autógrafos entre as 16 horas e as 18 horas. Se têm algum exemplar e querem estar um pouco comigo, para falarem e adquirirem o meu autógrafo, passem por lá. Porém, se ainda não têm, não há problema, esta é a vossa oportunidade de o comprarem isto porque terei exemplares.

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Onze meses...

Não, não foi esquecimento.
Há oito dias atrás, adoeci e ainda hoje estou a recuperar. Mal saí de casa e mesmo assim, a minha força ainda não está restabelecida e para não bastar, não posso estar muito tempo ao computador, canso-me facilmente e digamos que pareço uma vampira com olhos vermelhos. Resumindo, estou a recuperar lentamente e com algumas restrições.
Porém, retirei alguns minutos para vos oferecer algumas palavras e dizer-vos que, apesar do dia nove ter sido ontem, não foi esquecido e falta pouco para fazer um ano com “Pequenos Sopros” porque este mês, festejamos onze meses!

quinta-feira, 26 de julho de 2018

Ponto de situação

Estou aqui, é verdade! Sou mesmo eu. O porquê de andar desaparecida do mundo da escrita? Sinceramente, falta-me motivação e talvez, tenha voado pela janela já há algumas semanas atrás porque é essa a explicação que encontro para ainda não ter voltado.

Ponto de situação, algo que utilizei muito enquanto tirava o meu curso, são momentos para refletir sobre tudo o que já fizemos até agora. Há solução para isto que é... isso fica só para mim. Contudo, posso dizer que ando a analisar propostas para uma reformulação aqui no Entre Linhas, ando à volta com ilustrações e encomendas. E gostava  que percebessem que, as pessoas não levam a sério o que faço e passo a dar-vos um exemplo. As pessoas passam a vida a perguntar-me o que faço e eu respondo "Escrevo, sou escritora", só que, ficam a olhar para mim com cara de "Estás a brincar, certo? O fazes mesmo realmente?" e continuo com a minha face, séria, a dizer que sou escritora. Passado uns minutos, um pouco desconfortáveis e sem saber bem o que fazer, digo "Sou mestre em arquitetura" e as coisas já mudam de cenário porque essa é que é a minha verdadeira profissão. Porém, não é!

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Dez meses...

Não há nada melhor, do que começar a semana a fazer aniversário. Não, não é o meu, fiz à 10 dias atrás… mas é o meu “Filho Literário” que celebra 10 meses de existência!

Após, uma Feira da Terra em São Torcato, onde tomei posse da barraca do CRCA, que é minha família desde os meus 6 anos e que virou permanente aos 8 anos porque foi, nesta idade em que tive a minha estreia, a tocar um instrumento que supostamente era só de homens, o clarim. Um dia destes, conto-vos esta história e também, do CRCA. Foi um fim de semana que, para além de ter dado alguns autógrafos, vi e revi pessoas que por vezes escapam-nos, por causa da rotina.
Sou uma pessoa introvertida, contudo, esta minha jornada pela escrita e apresentações do livro, tem-me “obrigado” a ser um pouco diferente, a polir arestas como gosto de dizer. Gosto de vos dar palavras escritas porque é onde me sinto realmente confortável e feliz mas sei que aquelas que proferimos, são importantes. Então, aproveito já para agradecer àqueles que vieram ter comigo, para conhecer o meu trabalho ou só me ver.

quinta-feira, 5 de julho de 2018

Feira da Terra da Vila de São Torcato

Já lá vão 24 edições e eu estarei presente!
Não estou a fazer sentido nenhum, eu sei mas deixei-me esclarecer. Hoje, quinta-feira dia 5, começa a vigésima quarta edição da Feira da Terra da Vila de São Torcato, que se prolonga até dia 8 (Domingo).

É uma feira que engloba o que a terra nos dá, a agricultura, o artesanato, a arte, a gastronomia, entre outras coisas. É uma exposição de grande dimensão, onde podem ver o trabalho árduo de pessoas talentosas ou mesmo só conhecer ou simplesmente, encontrarem aquela pessoa que à muito tempo não viam. Este tipo de eventos dá para tudo, o que é bom porque somos sempre surpreendidos.

sábado, 9 de junho de 2018

Nove meses e algumas informações...

Este é um mês especial para mim, por vários motivos. Um deles é saber que o meu livro continua por aí, cheio de energia e a chamar a atenção, até a ser fotografado. Por acaso fica bem nas fotografias. Refiro-me à revista Bigger Magazine, que este mês traz uma entrevista comigo e quem estiver interessado em ler, podem comprar mas é só em Guimarães, por ser uma revista local e é, a minha cidade. Porém, é maravilhoso ver, que ainda tem muito que dar e eu ainda tenho muito para vos oferecer, a nível da escrita. E o outro motivo é que, Junho, é o mês do meu aniversário. Eu não costumo ligar muito mas vou ficar mais velha e talvez, fique com mais sabedoria.